FWC Group

BLOG

6 maneiras efetivas de garantir a segurança na nuvem

6 maneiras efetivas de garantir a segurança na nuvem

tela de segurança

À medida que as empresas transferem suas aplicações e seus dados para Cloud, os executivos precisam enfrentar uma tarefa difícil. Equilibrar os benefícios dos ganhos de produtividade em relação a preocupações significativas sobre conformidade e segurança na nuvem são algumas delas.

O desafio é ainda maior, visto que a segurança na nuvem não é igual a de um data center corporativo. Por isso, regras e pensamentos diferentes devem ser aplicados para garantir uma infraestrutura sobre a qual não se tem controle físico real.

A seguir, serão abordadas algumas das melhores práticas que podem ajudar sua empresa a melhor proteger os seus dados. Além de mitigar perdas e custos. Confira!

1. estratégia de segurança na nuvem

Para garantir a proteção dos dados, sua empresa precisa adotar uma estratégia de segurança de ponta a ponta. Isso requer, primeiramente, uma visão detalhada da sua rede. Além disso, é importante avaliar com o provedor quais aspectos da segurança estão no seu domínio e onde você é responsável.

Além disso, na construção de suas redes, a empresa deve identificar, abordar riscos, fraquezas e monitorar e testar continuamente sua infraestrutura.

2. Faça a transmissão de dados via VPN

Essencialmente, VPN (ou Rede Privada Virtual) é uma tecnologia que permite que você configure uma conexão segura com outra rede remota. Ou seja, é uma forma de garantir um canal de transmissão confiável entre sua empresa e o prestador de serviços.

Além disso, quando você utiliza VPN, toda interação com os servidores do seu provedor são criptografadas, garantindo o sigilo das informações.

3. ferramentas de segurança na nuvem

Você deve utilizar diferentes ferramentas para garantir o controle de acesso aos seus dados. por isso, dentre as soluções de segurança imprescindíveis, destacam-se o firewall e o antivírus.

O firewall analisa o tráfego e estabelece quais são as ações de dados que podem ser realizadas em seu ambiente. Ela é uma barreira de proteção que bloqueia o acesso de conteúdo malicioso, mas sem impedir que continuem fluindo.

O antivírus funciona como uma rede que identifica e captura arquivos maliciosos, fazendo filtro do que não é nocivo ao computador. Ele possui vários métodos de identificação desses vírus, incluindo atualização automática, escaneamento e outros meios para que haja um bloqueio.

segurança-na-nuvem
segurança-na-nuvem

4. Implemente controles internos para a segurança

A segurança da infraestrutura de nuvem é tão forte quanto seu elo mais fraco. Muitas vezes, os usuários são os principais responsáveis por falhas de segurança, seja por uso indevido ou por má fé.

Por isso, é importante que conte com suporte adequado para que seus colaboradores possam sempre recorrer em caso de dúvidas. Adicionalmente, realizar treinamentos contínuos das ferramentas utilizadas e as melhores práticas no uso dos recursos também ajudam a garantir a segurança.

Além disso, é importante que você defina de antemão o privilégio de acesso de cada usuário. Assim, eles terão contato somente com os dados que lhe são pertinentes.

Da mesma forma, é importante revogar credenciais de acesso de ex-funcionários, garantindo que as chaves de criptografia não possam ser acessadas.

5. Faça backup para garantir segurança na nuvem

Realizar o backup de seu Database é mandatório para garantir a segurança na nuvem. Esse procedimento consiste em realizar cópias de segurança das camadas de banco de dados, arquivos e aplicações. Assim, devem ser armazenadas em um ambiente virtual separado.

Dessa forma, se algo acontecer com o seu servidor em nuvem, você ainda contará com uma réplica de seus dados. Posteriormente, poderão ser restaurados rapidamente para garantir a continuidade da operação da sua empresa.

Acesse também:

6. Encontre o provedor certo

Finalmente, para garantir a segurança na nuvem, você precisa encontrar o provedor adequado, que ofereçam soluções de acordo com sua necessidade. Além disso, precisam atender a todos os requisitos de segurança citados anteriormente.

Obviamente, há pontos que devem ser solucionados na sua empresa, mas é essencial contar com um provedor que atue como parceiro. Atender suas necessidades e fornecer soluções que levem em consideração a infraestrutura da sua empresa são alguns pontos à serem considerados.

Para isso, eles precisam entender as suas necessidades e que forneça soluções que levem em consideração a infraestrutura de sua empresa.

O seu provedor deve possuir expertise em proteção de dados e oferecer soluções de segurança como Antivírus, Firewall, VPN e Backup!

Descubra abaixo as Diferença de On Premise x Cloud x Cloud Gerenciada!

segurança na nuvem
Diferenças de On Premise, Cloud e Cloud Gerenciada

Descubra também a importância do monitoramento de banco de dados. Clique aqui e boa leitura!