FWC Group

BLOG

LGPD x ciberataques: como a adequação à lei protegerá as empresas?

LGPD x ciberataques: como a adequação à lei protegerá as empresas?

Você já deve saber que a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) tem grande impacto na privacidade dos consumidores. E ainda, você terá que ser mais cuidadoso com dados confidenciais. Mas, você sabe como a LGPD pode ser útil na proteção contra ciberataques?

 

Adequar sua empresa à nova lei pode ser uma vantagem competitiva. Assim, é necessário focar nas preocupações que passavam despercebidas, mas que devem ser reparadas para não sofrer penalidades.

 

Portanto, continue a leitura deste artigo para saber como a LGPD ajuda a melhorar a segurança. E, assim, como é possível alcançar uma maior proteção contra ciberataques! Não perca!

 

O custo das violações de dados

As violações de dados afetam a reputação e a confiança do consumidor de uma organização. Entretanto, elas também causam grande impacto financeiro para a empresa. Por exemplo, a violação de dados do Yahoo custou à empresa US$ 350 milhões em sua fusão com a Verizon.

 

Um relatório global de julho deste ano, encomendado pela IBM,  revelou que o custo de uma invasão de dados aumentou 12% nos últimos cinco anos, alcançando US$ 3,92 milhões, em média.

 

Assim, no Brasil, o relatório apontou que o custo de uma violação de dados é de R$ 5,4 milhões. Ou seja, em muitos casos, um vazamento pode comprometer a continuidade do negócio.

 

        Artigos relacionados:

LGPD: Uma oportunidade para repensar a segurança de dados

Ainda, segundo o relatório, um dos fatores pelo aumento do custo das violações de dados foi a ampliação das regulamentações. Ou seja, as penalidades impostas para casos de vazamento pesaram no bolso das companhias. Por isso, serve de alerta para todas as outras que ainda não readequaram suas estratégias de segurança.

 

Assim, além da imagem da marca, as empresas têm mais um motivo para procurar evitar esse tipo de incidente. Então, isso inclui revisitar e redefinir os procedimentos de armazenamento e processamento de dados pessoais.

 

Logo, as investidas da LGPD contra ciberataques pode ser vista como eficazes. Pois, pressiona as empresas a melhorarem suas estratégias de segurança de dados.

 

Segurança baseada em risco

Programas de segurança baseados em riscos fornecem uma estrutura para a priorização de ameaças. Por isso, as organizações avaliam os riscos individuais que enfrentam considerando dois fatores. Ou seja, a probabilidade de um evento específico ocorrer combinado com qualquer impacto que o evento possa causar. Então, o resultado determina o significado atribuído a cada risco.

 

Assim, uma compreensão detalhada do risco pode atuar como um facilitador de negócios e uma medida defensiva. Então, algumas áreas da empresa podem agir mais rapidamente e com maior flexibilidade, enquanto outras mais arriscadas exigirão mais proteção.

 

Depois que os riscos são identificados e classificados, as empresas podem atenuar os mais graves. Assim, implementando uma estratégia de segurança adequada. Dentre outras coisas, isso inclui a adoção de soluções tecnológicas eficazes, além de políticas e treinamento apropriados.

 

Ou seja, essa abordagem prepara organizações para os piores cenários de risco cibernético com planos abrangentes de detecção e resposta a intrusões. Então, também deve ser elaborado um plano de disaster recovery para recuperação, caso os dados venham a ser afetados.

 

lgpd-ciberataques

 

Como adequar sua empresa à LGPD

Adequar a operação da sua empresa às regras da LGPD pode ser uma tarefa não muito fácil. Dentre outras coisas, é preciso estruturar as soluções, revisar contratos com parceiros, orientar colaboradores e comprovar que toda a empresa está dentro do que a regulamentação pede.

 

No entanto, há uma forma mais simplificada de atender a todas essas exigências: migrando para a nuvem. Assim, ao contratar provedores especializados, como a FWC, você passará a contar com uma infraestrutura completa, que protegerá sua empresa.

 

Além disso, você passa a contar com todos os benefícios que a nuvem oferece, tais como: segurança, flexibilidade e escalabilidade.

 

LGPD contra ciberataques

Como vimos, a LGPD traz normas que obrigam as empresas a se atentarem a  questões referentes a proteção de dados. Por isso, as penalidades impostas reforçam as empresas adotarem procedimentos para evitar vazamentos de dados e o comprometimento das informações dos consumidores.

 

Ou seja, as empresas que migram para a nuvem livram-se das consequências da LGPD e contam com proteção contra ciberataques.

Não perca mais tempo! Entre em contato com a FWC agora e conheça as soluções de nuvem para seu negócio.